domingo, 4 de dezembro de 2016

Uma carta como aquelas que te mandava


 Até hoje me pergunto o que de fato aconteceu entre nós. Será que foi amor mesmo? Bom, da minha parte foi...ainda é, talvez não na mesma proporção, mas é.
Será que tinha mesmo que acabar? Ou foi a gente que desistiu quando ficou difícil? Onde foi que nos perdemos? Talvez tenha sido um pouco de imaturidade, mas quer saber, não é bom procurar culpados.
  E o pior é que hoje nem sei mais de você. Bom, sei da sua vida (um pouco), mas de você eu não sei mais. Não sei como está, o que anda fazendo, se gosta das mesmas coisas, se tem os mesmos hábitos, eu não sei.
  Ás vezes me pergunto se tem saudade. Talvez nem tenha tempo mais pra isso, afinal tem alguém aí. Isso me incomoda um pouco, dói sabe? Mas espero que esteja te ajudando, te amadurecendo, te levando pra frente, te fazendo feliz (de verdade). Espero também que tenha entendido que não precisa ficar com alguém por medo de estar só, ou apenas pra preencher espaço. Espero que esteja realmente feliz e realizado.
Eu não consegui me apaixonar, não verdadeiramente; até pensei que fosse mas...
Acho que no fundo ainda tô presa, e ao mesmo tempo com medo e com receio de não gostar de verdade de alguém e acabar machucando a pessoa. Espero que isso passe logo e eu consiga seguir.
  Quero que saiba que eu sinto falta de conversar com você, saber como realmente está, o que está sentindo, o que tem feito; conversa de verdade sabe? Não essas superficiais que acontecem de vez em quando, meio 'sem querer', onde eu tenho que me segurar pra não falar um monte de coisa (como eu tô fazendo agora rs). Mas entendo que você não tem mais que dar atenção pra mim, e que tem outra pessoa que vai sentir ciúmes disso (com toda razão).
  Não quero te preocupar, sei lá, só queria mesmo que soubesse disso. Vai me fazer sentir mais leve. E se possível, gostaria de saber como você se sente em relação á isso, de verdade, principalmente se estiver sentindo algo totalmente contrário.
Poderia escrever mais um milhão de coisas aqui, mas acho que isso já é suficiente.

P.S.: Quero, e sempre quis, que você seja muito feliz. 


 Até qualquer dia. 2020 talvez. 
Ou até nunca mais.










terça-feira, 11 de outubro de 2016

Ei moço, ela pode não estar afim de você

Hoje inauguro uma nova seção aqui no blog: "Para eles", onde escreverei especialmente para os meninos. 
E pra começar vou dar dicas para aqueles caras que não tem 'sorte' no amor. Espero que gostem.


Sempre me deparo com meninos, rapazes, moços....reclamando que todas as meninas, ou a maioria (de nós), só os veem como amigos. Dizem que fazem um monte de coisas mas não são valorizados, que as meninas preferem os caras que as tratam mal; enfim, a lista de reclamações é enorme.
Com esse post, pretendo explicar pra você, que faz parte desse grupo de meninos que se considera 'sem-sorte com as mulheres'; o que, na minha opinião, está acontecendo de errado.

P.s.: Não quero jogar a culpa em cima de vocês, porque sei que tem menina que se aproveita da bondade de alguns meninos, mas vou dar dicas que podem ajudar.

Vamos lá.


  • A maioria desses meninos não se consideram bonitos, ou não são considerados bonitos pelas pessoas, e por causa disso, acham que tem que tem que ser gentis, inteligentes, engraçados e coisa e tal. Acham que tem que compensar de alguma forma. Na verdade isso é papel de qualquer homem, bonito ou não (mesmo não sendo assim na realidade). Acontece que muitas vezes, esses comportamentos tornam-se chatos por serem exagerados e isso acaba afastando as pessoas ao invés de aproximá-las. Não é preciso ser legal o tempo todo, nem engraçado o tempo todo.Ainda mais quando isso não é uma característica natural sua.
  • Mais um ponto: Eu sei que muitas vezes não é fácil se abrir com alguém, dizer que gosta ou simplesmente está afim; mas isso é necessário. Se você chega com gentileza, simpatia, não toca nesses assuntos com a menina, ela nunca vai saber que você está afim e vai continuar te vendo como amigo. Se precisar, use aquele método antigo: peça pra um amigo seu falar com ela ou fale com uma amiga dela. Ou mande mensagem pela internet (facebbok, whatsapp, etc), você não precisar olhar pra ela rsrs.
  • Pode ser também que ela simplesmente não esteja interessada (isso acontece na maioria das vezes) Mas você só vai saber se perguntar.
  • Outra coisa, nunca queira ser algo que você não é. Seja sempre autêntico. Fingir gostar de algo pra agradar alguém, ou falar que fez algo só pra impressionar, pode trazer problemas quando a verdade for descoberta. E outra, ás vezes você está se esforçando por alguém que não quer nada, como eu disse ali em cima.
  • Muitas garotas, como eu, não são muito fãs de romantismo, grude, e tal. Por isso é bom conhecer bem a pessoa antes de qualquer atitude, digamos, mais exagerada. Pode assustar ao invés de conquistar.
  • Eu disse que é preciso falar que está afim e tudo mais, mas caso a garota tenha deixado claro que não quer nada com você além de amizade, não insista. Sério, isso não vai fazer ela mudar de ideia, pelo contrário, ela vai fugir de você. 
Acho que é isso. Seja sincero, seja você, não exagere e mostre seu real interesse. Caso a garota não queira, parta pra outra. A vida segue.

Espero ter ajudado ;)



sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Como é ter 25?



Desde que fiz 25 anos (dia 10/08) não paro de pensar sobre escrever falando disso.
Lógico que não mudou nada assim do dia 09 pro dia 10, porque não é assim que as coisas funcionam.
Não encontrei nenhuma ruga nova (nem velha, porque não tenho mesmo rsrs), nem um fio de cabelo branco além do único que eu já tenho, e as espinhas não sumiram (bad =$).
Minha vida tá mudando aos poucos, só que tenho notado mais 'coisas' acontecendo nesses últimos anos, desde que mudei pra Araraquara. Tá sendo cada virada...
Como eu disse em um dos meus últimos posts eu não tava bem, e cheguei a pensar: 'Tô fazendo 25 e nem tenho motivos pra comemorar'. Por um momento eu me esqueci o quanto é bom estar viva bem, e mesmo nas dificuldades, ter força pra continuar.
Nesses 25 anos, acho que não fiz nada de extraordinário. Mas aos poucos tô conquistando tudo que quero, ou que já quis um dia: Eu tô fazendo faculdade, tenho uma banda, me viro sozinha (é difícil, mas faz gente crescer)....entre outras coisinhas.
Aprendi muito nesses anos, e de tudo tirei essas três grandes lições:
Ter paciência. Pois nada, nada mesmo até hoje, aconteceu na hora que eu queria.
Correr atrás das coias. Se eu não fizer isso, ninguém fará por mim.
Não desistir. Mesmo que esteja difícil. Mesmo que pareça impossível. Se a gente der um passo a mais, tentar só mais uma vez, as coisas podem mudar.
Nada dura para sempre. Nem as coisas boas e muito menos as ruins.

Espero que até os 26 eu faça muitas coisas legais pra vir aqui contar pra vocês ano que vem haha.





quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Mesmo cansada, ainda tenho esperança

Mais uma vez.
Aconteceu de novo.
E eu desabei.
Isso dói.
Desgasta.
Me faz repensar.
Será que vale mesmo a pena?
Algumas pessoas dizem:
"Vai se joga" "Nunca vai saber se não tentar"
Ma eu já tentei.
Algumas vezes
É sempre assim.
No fim, é sempre assim.
Ah! O fim.
É por ele que estou aqui.
Mais uma vez.
Me sentindo assim.
E dói.
Mas, mesmo assim, cansada; eu tenho esperança.
Eu espero que um dia aconteça.
De verdade.
Não que não tenha sido de verdade o que aconteceu.
Mas espero que dure.
Que não doa.
Mas se doer. Que passe logo.
E que não seja a dor do fim.

domingo, 28 de agosto de 2016

Olha eu aqui (Não sumi não minha gente)




Oi pessoal, peço desculpas por andar meio sumida, é que estava passado por momentos não muito legais. 
A vida já não estava fácil havia algum tempo, mas parece que esse mês cheguei no meu limite.
Muitas vezes sorria pra tentar esquecer as coisas ruins, mas em casa, sozinha, eu desabava.
Todo mundo tem esses  momentos, e é preciso aceitar e aprender com eles. Deus nunca dá um fardo maior do que a gente possa carregar.
Bom, mas estou aqui pra falar que estou de volta, firme, de pé e linda como sempre hahha.
Estava com muitas expectativas para o mês de agosto, afinal foi meu aniversário dia 10, acho que a não realização delas, acabou me frustrando mais. Mas é a vida.
fazendo um balanço, até que foi um mês bacana S2.
É isso gente, vou fazer o máximo pra fechar o mês com tudo e pra que setembro (que se aproxima) seja incrível. Convido você á fazer o mesmo ;)
E por fim, deixo uma frase que eu aprendi com a novela "Êta mundo bão!", e que vou levar pro resto da vida: TUDO QUE ACONTECE DE RUIM NA VIDA DA GENTE, É PRA MELHORAR!!